Desvende os limites da computação com Oblivion em Évora

Conheça o poder do Oblivion, o supercomputador de Évora que está surpreendendo o mundo! Com uma incrível capacidade equivalente a 1200 computadores trabalhando em conjunto, esse notável sistema realiza impressionantes 239 milhões de milhões de operações por segundo. Sem dúvida, é uma das máquinas mais rápidas de Portugal e destaca-se pelo seu desempenho excepcional em escala global.

A cidade de Évora, em Portugal, é o lar de um projeto ambicioso no campo da computação de alta performance – o supercomputador de Évora.

Com uma capacidade de processamento impressionante e recursos avançados, este supercomputador coloca Portugal no mapa da computação científica e tecnológica, impulsionando a pesquisa, a inovação e o desenvolvimento de soluções complexas.

Com uma incrível capacidade equivalente a 1200 computadores trabalhando em conjunto, esse notável sistema realiza impressionantes 239 milhões de milhões de operações por segundo.

Sem dúvida, é uma das máquinas mais rápidas de Portugal e destaca-se pelo seu desempenho excepcional em escala global.

O Oblivion desempenha um papel crucial como cérebro do ENGAGE SKA, o maior radiotelescópio do mundo.

Integrando um consórcio com cientistas de mais de 100 instituições e 21 países, este super computador contribui significativamente para a construção do radiotelescópio revolucionário.

Liderado pelo Instituto de Telecomunicações (IT) de Aveiro, em colaboração com prestigiosas universidades como Évora, Aveiro, Porto e Coimbra, juntamente com o Instituto Politécnico de Beja e a Associação RAEGE Açores, o Oblivion é uma verdadeira demonstração do talento e do avanço tecnológico de Portugal.

Com a criação dessa rede nacional de computação avançada, o país consolida sua posição como centro de excelência em inovação científica e tecnológica.

O supercomputador de Évora desempenha um papel fundamental na infraestrutura tecnológica de Portugal, impulsionando a computação avançada e abrindo portas para a pesquisa, a inovação e o desenvolvimento científico.

Com sua capacidade de processamento excepcional e recursos avançados, ele coloca o país na vanguarda da computação científica, permitindo que cientistas, pesquisadores e engenheiros realizem descobertas inovadoras em uma ampla gama de campos.

O supercomputador de Évora é um exemplo notável do compromisso de Portugal em promover o avanço tecnológico e impulsionar a competitividade do país no cenário global.

Please follow and like us:

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

error

Um lugar para ler e compartilhar notícias positivas. Comemorar o que é bom em Portugal. Dar às notícias boas a visibilidade normalmente guardada apenas para o que é negativo. Ajude-nos a contagiar todos com este espirito construtivo!