Portugal destaca-se como líder no ecossistema das startups

Em Portugal, o cenário das startups está em pleno crescimento, consolidando-se como um dos mais promissores da Europa. Com um número impressionante de aproximadamente 12 mil startups em atividade, o país revelou um faturamento conjunto de 1,7 mil milhões de euros no ano de 2021, evidenciando a vitalidade e o potencial do ecossistema empreendedor.

Em Portugal, o cenário das startups está em pleno crescimento, consolidando-se como um dos mais promissores da Europa.

Com um número impressionante de aproximadamente 12 mil startups em atividade, o país revelou um faturamento conjunto de 1,7 mil milhões de euros no ano de 2021, evidenciando a vitalidade e o potencial do ecossistema empreendedor.

De acordo com os dados divulgados pela Informa D&B, entre 2018 e 2021, o volume de negócios das startups registrou um crescimento notável de 16,4%, acompanhado por um aumento de 12,2% no emprego. Esses números revelam a resiliência e o dinamismo do setor, que tem impulsionado a economia portuguesa.

Um dos pontos mais destacados é o crescimento exponencial da criação de empresas no setor tecnológico, que mais do que duplicou nos últimos dez anos, representando agora 7% do total de constituições em 2022.

Esta tendência reflete o ambiente favorável à inovação e o apoio ao empreendedorismo tecnológico no país.

Lisboa e Porto emergem como os principais polos de inovação, concentrando quase 60% do total das startups e do seu volume de negócios. Estas cidades têm se destacado pela sua capacidade de atrair empreendedores e investidores, proporcionando um ambiente propício ao desenvolvimento de ideias disruptivas e ao crescimento das empresas.

Além dos resultados económicos expressivos, as startups portuguesas têm um impacto significativo no mercado de trabalho, empregando cerca de 25 mil pessoas.

O número demonstra a importância do setor na criação de emprego qualificado e no fortalecimento da economia do país.

Com a sua projeção internacional, as startups portuguesas também se destacam nas exportações, alcançando a marca de 562 milhões de euros em vendas para o exterior.

Este desempenho contribui para o aumento da visibilidade e da reputação do país como um hub tecnológico e de inovação.

Diante desses resultados impressionantes, Portugal está a afirmar-se como um líder no ecossistema das startups, atraindo a atenção de empreendedores e investidores de todo o mundo.

A combinação de um ambiente favorável aos negócios, incentivos estatais e a presença de talentos e recursos qualificados tem impulsionado o crescimento e o sucesso do setor em Portugal.

No contexto global da economia digital, as startups portuguesas estão a desempenhar um papel crucial na criação de emprego, no desenvolvimento de soluções inovadoras e na promoção do crescimento económico sustentável. O país tem se destacado como um verdadeiro motor de transformação, proporcionando um ambiente dinâmico e vibrante para o empreendedorismo e a inovação.

Please follow and like us:

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

error

Um lugar para ler e compartilhar notícias positivas. Comemorar o que é bom em Portugal. Dar às notícias boas a visibilidade normalmente guardada apenas para o que é negativo. Ajude-nos a contagiar todos com este espirito construtivo!