Portugal: Consumo online em crescimento mas com cautela

Nos últimos 10 anos, Portugal tem assistido a um aumento significativo no número de compradores que utilizam as redes sociais para efetuarem compras.

De acordo com um estudo da “Consumers Trust” realizado no âmbito do Dia Mundial das Redes Sociais, o número de portugueses que realizam compras diretamente através destas plataformas quase duplicou, passando de 14,7% em 2013 para 22,7% este ano.

Este crescimento no consumo através das redes sociais reflete a crescente tendência de compras online no país.

No entanto, os consumidores portugueses estão a adotar uma abordagem mais cautelosa antes de efetuarem as suas compras. O estudo revelou que 75% dos portugueses têm o hábito de ler as experiências de outros consumidores antes de efetuarem uma compra. Além disso, 84% dos inquiridos afirmaram ser influenciados por opiniões online na decisão de compra.

O “Portal da Queixa”, o maior portal de consumidores em Portugal, desempenha um papel importante na formação da opinião dos consumidores.

Segundo o estudo, 72,7% dos inquiridos já fizeram reclamações através do portal, e 61,7% destes afirmaram que o problema foi resolvido. Isso demonstra a eficácia da plataforma na resolução de problemas e na comunicação entre marcas e consumidores.

A pesquisa também revelou que 75,5% dos inquiridos desistiriam de efetuar uma compra se lessem experiências negativas de outros consumidores que não tivessem sido resolvidas. Isso destaca a importância da reputação online das marcas e a responsabilidade em garantir a satisfação do cliente.

Para além disso, o estudo mostrou que mais de 20% dos inquiridos ficaram a conhecer o “Portal da Queixa” através das redes sociais, demonstrando o poder das plataformas online na divulgação de informações aos consumidores.

Mais de 90% dos inquiridos têm conhecimento de que o “Portal da Queixa” é uma plataforma de comunicação entre marcas e consumidores e não realiza mediação de conflitos.

A partilha pública de reclamações através do “Portal da Queixa” também é uma prática comum entre os consumidores portugueses, com a maioria dos inquiridos a afirmar que partilham as suas experiências para pressionar as marcas a melhorarem os seus serviços e para possibilitar a consulta por parte de outros consumidores.

Estes resultados refletem uma mudança no comportamento dos consumidores portugueses, que estão cada vez mais informados e cautelosos nas suas compras online. A procura por informações e a utilização de plataformas como o “Portal da Queixa” refletem a importância da transparência e da resolução eficaz de problemas no mercado português.

O crescimento do consumo através das redes sociais é uma realidade inegável, mas a crescente consciência dos consumidores mostra que a qualidade e a reputação das marcas são fundamentais para manter a confiança e lealdade dos clientes.

Please follow and like us:

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

error

Um lugar para ler e compartilhar notícias positivas. Comemorar o que é bom em Portugal. Dar às notícias boas a visibilidade normalmente guardada apenas para o que é negativo. Ajude-nos a contagiar todos com este espirito construtivo!