Calçado Português conquista Mercados Internacionais!

A indústria do calçado em Portugal está a causar sensação nos mercados internacionais, subindo posições no ranking de exportações e mantendo uma presença forte. Para surpresa de muitos, os sapatos nacionais estão também a destacar-se pelo aumento notável nos preços. Descubra como Portugal está a deixar a sua marca no mundo do calçado.

Portugal Brilha nas Exportações:

Numa conquista que merece ser celebrada, Portugal escalou até à 12ª posição na lista dos maiores exportadores mundiais de calçado. Este salto notável ultrapassou Hong Kong, impulsionado pelo crescimento contínuo das vendas para o exterior. Este sucesso foi registado no World Footwear Yearbook 2023 (WFI), uma referência estatística no setor, que destaca o papel de destaque de Portugal no panorama global do calçado.

Sapatos Portugueses: Preço e Qualidade Unem-se

Os sapatos portugueses estão a tornar-se sinónimo de qualidade e, surpreendentemente, também de aumento de preços. Com um aumento de 11% no preço médio dos pares de sapatos exportados, Portugal está a consolidar a sua posição como um dos principais intervenientes no mercado internacional de calçado. O preço médio de 26,4 euros por par de sapatos coloca Portugal em segundo lugar em termos de preços, apenas atrás de Itália, que detém a primeira posição com cerca de 56 euros.

Desafios e Perspetivas:

Apesar destas conquistas, a indústria do calçado português não está imune aos desafios do mercado global. A Associação Portuguesa dos Industriais de Calçado, Componentes, Artigos de Pele e seus Sucedâneos (APICCAPS) prevê um ajuste nos preços até o final de 2023. No entanto, a conjuntura económica internacional, com mercados em desaceleração, poderá influenciar os resultados. A indústria está preparada para enfrentar esta fase com criatividade e determinação.

Inovação Sustentável para o Futuro:

O calçado português não apenas se destaca pelo preço e qualidade, mas também pela sua abordagem inovadora e sustentável. Através do projeto Bioshoes4all, Portugal está a investir na criação de produtos de “nova geração” até 2025. A indústria continua a preferir o couro como matéria-prima, devido à sua economia circular e durabilidade. Com uma visão que combina criatividade, eficiência produtiva e desenvolvimento tecnológico, Portugal está a construir um futuro sólido e competitivo.

Conclusão:

A indústria do calçado em Portugal não se limita a fabricar sapatos; está a criar tendências a nível mundial. Com uma posição impressionante nas exportações e um aumento notável nos preços, Portugal está a dar cartas no mundo do calçado. Além disso, a sua aposta em inovação sustentável garante que o país continuará a marcar presença e a deixar uma marca indelével neste setor dinâmico e emocionante.

Please follow and like us:

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

error

Um lugar para ler e compartilhar notícias positivas. Comemorar o que é bom em Portugal. Dar às notícias boas a visibilidade normalmente guardada apenas para o que é negativo. Ajude-nos a contagiar todos com este espirito construtivo!